Galeria de ImagensDownloadsCalendárioMapa do Site11 visitantes on-line


 Login
   
    
 Lembrar de mim
Esqueceu sua senha?

 MENU
 :: Conselho Fiscal
 :: Conselho Deliberativo
 :: Diretoria Executiva
 :: Mentorados
 :: Depoimentos
 :: Mentores
 :: Documentos
 :: Meditações
 :: Contato
 :: Notícias
 :: Missão
 :: Webmail
 :: Principal

 MEMBER AREA

 E-mail

Acesse o e-mail institucional da Fundação


 Meditações

 QUANTO CUSTA AGRADECER?

 

“E aconteceu que, indo ele a Jerusalém, passava pela divisa entre a Samária e a Galiléia. Ao entrar em certa aldeia, saíram-lhe ao encontro dez leprosos, os quais pararam de longe, e levantaram a voz, dizendo: Jesus, Mestre, tem compaixăo de nós! 

Ele, logo que os viu, disse-lhes: Ide, e mostrai-vos aos sacerdotes. E aconteceu que, enquanto iam, ficaram limpos.  Um deles, vendo que fora curado, voltou glorificando a Deus em alta voz;  e prostrou-se com o rosto em terra aos pés de Jesus, dando-lhe graças; e este era samaritano. 

Perguntou, pois, Jesus: Não foram limpos os dez? E os nove, onde estão? Não se achou quem voltasse para dar glória a Deus, senão este estrangeiro?  E disse-lhe: Levanta-te, e vai; a tua fé te salvou.   Então Jesus lhe perguntou: Não eram dez os que foram curados?Onde estão os nove? Lucas 17.11-19

O texto Bíblico segundo Lucas nos revela a fé que age e transforma a vida individual, mas a fé que sabe reconhecer a ação graciosa de Deus e rende graças pelo que nos é ofertado.

Os dez têm uma fé exemplar e são curados. Entrementes, somente um permanece com a fé, que agradece a Deus por sua graça.

Esse exemplo nos convida a refletir sobre a nossa vivência de gratidão, de agradecer pelo que a via nos oferta, muitas vezes adquirida com o nosso suor, dedicação. Quanto nos custa agradecer:

·             O corpo e seu funcionamento: Quando nos damos conta da perfeição do nosso corpo, de agradecer pelo seu funcionamento e pensar nos seus limites.

·             Os alimentos e o conforto do lar: Quantas vezes dispomos de tempo para refletir sobre a importância do alimento, de saboreá-lo com prazer, não desperdiçá-lo pensando nas pessoas que clamam por pão e de valoriza a comunhão de mesa.

·             As oportunidades recebidas: Em que momento pensamos nas pessoas que acreditaram e acreditam em nós, nos confiando responsabilidades, quantas vezes agradecemos o trabalho como uma oportunidade de crescer como pessoa.

·             As pessoas que trilham o caminho da vida: Quantas vezes temos coragem e sensibilidade de demonstrar o que sentimos pelas pessoas, de manifestar o nosso afeto, nosso respeito, e ter a honestidade e sinceridade de manifestar a nossa discordância.

·             O pulsar da vida a cada manhã: Quantas vezes dedicamos um tempo para pensar na nossa vida, para agradecer o fato de estarmos vivos e refletirmos sobre como cuidamos dessa dádiva.

 

As pessoas gostam de ouvir uma palavra de agradecimento, e isso lhe faz muito bem. O agradecimento também motiva as pessoas a ser solidarias, prestativas e hospitaleiras.

 

Quanto a prática da gratidão esta presente em nossa vida e em nossas relações?

 

P. Olmiro Ribeiro Junior


 
 Quer ser voluntário?

Seja um voluntário da Fundação Capacitar.

>>  Leia mais

 Conheça...

 


 Arquivo
 :: Gratidão e Humanidade 
 :: ESTRELA DO MAR 
 :: SALMO 33 
 :: "A GRATIDÃO É A MEMÓRIA DO CORAÇÃO." (Antístenes) 
 :: BONDOSO DEUS - PARTILHA 
 :: O CORAÇÃO PERFEITO 
 :: RELAÇÕES DESCARTÁVEIS 
 :: RENDEI GRAÇAS AO SENHOR! 
 :: VOLUNTARIADO 
 :: A VIDA É UM ESPELHO 
 :: QUANTO CUSTA AGRADECER? 
 :: 1ª Semana 

Fundação Capacitar - Direitos reservados 2011