Galeria de ImagensDownloadsCalendárioMapa do Site24 visitantes on-line


 Login
   
    
 Lembrar de mim
Esqueceu sua senha?

 MENU
 :: Conselho Fiscal
 :: Conselho Deliberativo
 :: Diretoria Executiva
 :: Mentorados
 :: Depoimentos
 :: Mentores
 :: Documentos
 :: Meditações
 :: Notícias
 :: Missão
 :: Webmail
 :: Principal

 MEMBER AREA

 E-mail

Acesse o e-mail institucional da Fundação


 Meditações

 1ª Semana
“As pessoas felizes, abençoadas, não são apenas aquelas que mais têm, mas são justamente aquelas que são gratas pelo que têm, e consegue auxiliar a outras pessoas a descobrir a gratidão e a oferta.”

A gratidão de forma simplória é o ato de reconhecimento de uma pessoa por alguém que lhe prestou um benefício, um auxílio, um favor. No entanto, refletindo um pouco o tema podemos descobrir que gratidão nos remete ao sentido existencial de cada pessoa. Sou uma pessoa solidária, ou apenas consigo ver o meu próprio umbigo? Reconheço a mão de Deus e o auxílio de outras pessoas na minha trajetória, ou apenas vejo minhas atitudes e méritos.
A gratidão é uma forma de ver a vida em comunhão. Ou seja, não sou o centro da minha existência, preciso de outras pessoas e elas precisam de mim. Com isto, construo um estilo de vida que sabe agradecer por todos os momentos, que sabe ver o auxílio, as oportunidades, que outras pessoas me ofereceram, e igualmente, me torno alguém que auxilia e cria oportunidades de crescimento, de bênção para outras pessoas.
“Ser grato tem muito a ver com lembrar, guardar no íntimo. Só quem guarda as lembranças é capaz de gratidão. Assim podemos chamar a gratidão de “memória do coração”. A pessoa agradecida pensa com o coração, com a vida. Ela percebe e valoriza aquilo que recebe diariamente. Já a pessoa ingrata perde a sua humanidade no verdadeiro sentido da palavra, pois não lembra, não tem memória, e, esquece o que recebe todo o dia. Por isso o filósofo romano Cícero designou a ingratidão como esquecimento. Profetas, Sábios e pensadores da antiguidade caracterizavam a ingratidão com um pecado capital, como fraqueza e como incapacidade de pensar e refletir. Para eles era difícil encontrar pessoas inteligentes que fossem ou tivessem sido ingratas. Portanto a gratidão é o central na constituição da pessoa humana. A pessoa ingrata ainda não chegou a ser realmente uma pessoa.” Anselm Grüm – Despertar a Gratidão.
Que possamos abrir nossos olhos, mentes, corações e vidas para reconhecer as oportunidades que recebemos, e que possamos sempre relembrar delas. Não para nos vangloriar de nossas conquistas, mas para aprendermos o caminho de servir outras pessoas com a aquilo que temos e somos. No exercício continuo e diário da gratidão.

“O Amado Deus é a minha força e o meu escudo; nele confiou o meu coração, e fui socorrido; assim o meu coração salta de prazer, e com o meu canto, e vida eu rendo graças, agradeço ao Senhor.” Salmo 28.7
Paz e graça.


P. Olmiro Ribeiro Junior


 
 Quer ser voluntário?

Seja um voluntário da Fundação Capacitar.

>>  Leia mais

 Conheça...

 


 Arquivo
 :: Gratidão e Humanidade 
 :: ESTRELA DO MAR 
 :: SALMO 33 
 :: "A GRATIDÃO É A MEMÓRIA DO CORAÇÃO." (Antístenes) 
 :: BONDOSO DEUS - PARTILHA 
 :: O CORAÇÃO PERFEITO 
 :: RELAÇÕES DESCARTÁVEIS 
 :: RENDEI GRAÇAS AO SENHOR! 
 :: VOLUNTARIADO 
 :: A VIDA É UM ESPELHO 
 :: QUANTO CUSTA AGRADECER? 
 :: 1ª Semana 

Fundação Capacitar - Direitos reservados 2011